18 de julho de 2017

Doces: Como resistir a tentação?

Opaaaa!! Essa matéria era para você!!

Quem aí não resiste a um docinho? Essa compulsão por doce é mais comum do que você imagina, e infelizmente uma das maiores inimigas da dieta. Isso porque muitos não sabem, mas pode existir um desequilíbrio hormonal ou falta de controle emocional por trás disso.

Controlar a compulsão por doce envolve muito mais do que simplesmente tentar fugir desses alimentos.

Então para não cair em tentação siga as dicas:

Primeiro realize diariamente três refeições principais de forma correta (sem corte alimentos e respeitando sua saciedade em relação à comida), se precisar realize lanches ao longo do dia.

Essa questão de comer em três em três horas é bem variável (não é uma regra), depende de sua rotina, mas a escute sua vontade de comer ao longo do dia.

A compulsão por doce pode ser uma resultado de uma desregulação endócrina
A compulsão por doce pode ser uma resultado de uma desregulação endócrina

Certifique-se que sua dieta contém adequadas porções de proteína animal e vegetal. Uma quantidade satisfatória pode aumentar a saciedade e diminuir sua vontade de doces.

Troque os carboidratos simples, por carboidratos complexos como a batata doce, os alimentos integrais e o inhame, isso deve ser feito principalmente nos horários que você sente mais vontade de comer doce.

Pode ser necessário estipular uma frequência semanal para o consumo de doces. O seu nutricionista é o profissional adequado para te ajudar a definir essa quantidade com você. Isso porque muitas pessoas tentam trocar o doce por algo com o sabor muito diferente e esse desejo acaba aumentando, então excluir não é a melhor opção. Também tem a melhor hora de consumir!

Prefira após as refeições principais como o almoço por exemplo, consumir o doce em jejum aumenta a glicemia mais rápido e o desejo por mais pode se tornar incontrolável. Escolha alguns substitutos naturais do açúcar para adoçar sucos e preparações como: baunilha, tâmaras, canela, leite de amêndoas, concentrados de frutas, purê de maça e estévia.

Importante!

Não utilize adoçante com aspartame como substituto do açúcar, pois ele diminui a biodisponibilidade de um aminoácido chamado triptofano que é muito importante manter em níveis ideais para diminuir a compulsão por doces.

A última dica e não menos importante: não exclua os doces se você ainda não tem condições psicológicas para isso, e pior ainda se o fizer sem acompanhamento. A dieta apropriada associada a prática de exercícios físicos é a combinação ideal no combate a esse tipo de compulsão alimentar.


😉 Gostou da dica?

Não deixe de curtir e se cadastrar no nosso blog. Em breve iremos enviar dicas exclusivas para vocês!

Beijos da Nutri,

Vanessa Baad

Deixe seu comentário