26 de dezembro de 2018

Cuscuz: Amigo ou Inimigo para quem quer Emagrecer?

O cuscuz é um ingrediente conhecido por todo Brasil, mas está na mesa principalmente da região Nordeste. O cuscuz pode ser utilizado em receitas doces, salgadas e permite uma variação de sabores que agradam o paladar de muita gente, tanto no café da manhã quanto almoço e jantar. No entanto, essa delícia nutritiva tem gerado uma dúvida por parte de quem é fã: Afinal de contas, o cuscuz é amigo ou inimigo para quem quer emagrecer?

Breve história sobre o cuscuz….

O cuscuz, “kuz-kuz” ou “alcuzcus” era prato típico dos mouros. Inicialmente era feito com arroz e farinha de trigo e depois passou a ser de milho. Depois se espalhou pelo mundo no decorrer do século XVI. Pode ser feito de várias maneiras. Com legumes, verduras, com leite, com passas de uvas, tâmaras, ou companhando carne, ovo ou peixe.

Acredita-se que os criadores do cuscuz foram os berberes, povos nativos das montanhas e desertos do norte da África. E quando surgiu no Brasil o prato já era popular entre os portugueses. Hoje em dia ele é um prato típico do Nordeste e aparece em diversas receitas tanto lá quanto no restante do país.

cuscuz no prato
Cuscuz é um ingrediente muito utilizado no Brasil, especialmente no Nordeste. Mas, a dúvida que fica é: será que cuscuz engorda? Imagem: (Divulgação)

Será que o Cuscuz engorda?

Muita gente me pergunta se ele engorda e se é um bom substituto para o arroz integral ou raízes como inhame e batata doce. Bom, cada xícara de cuscuz possui 176 calorias, é um valor muito reduzido em comparação com outros alimentos, como por exemplo o arroz integral ou a quinoa, que possuem um total que varia de 205 a 220 calorias para cada xícara. No entanto o que é importante é sempre analisar os ingredientes utilizados e não apenas a quantidade de calorias.

Além disso, é preciso saber a quantidade diária necessária para alcançar o seu objetivo e não obter o resultado inverso.

Então perceberam que o cuscuz tem menos calorias? No entanto o arroz integral  (confere aqui no blog) e as raízes oferecem mais vitaminas e minerais essenciais, incluindo magnésio, vitamina B6, fósforo, tiamina, niacina, zinco e ferro, tornando-os nutricionalmente superior ao cuscuz.

Não há como afirmar que o cuscuz engorda, mas posso dizer que existem outras opções e variedades de grãos que nos fornecem mais nutrientes essenciais. Por isso ele pode ser parte de uma alimentação saudável, se você consumir ele não transgênico (algo bem difícil hoje em dia) e acrescentar fibras e nutrientes à massa, como aveia, coentro, cebolinha e tomate, com isso você consegue diminuir o índice glicêmico do alimento e acrescentar mais vitaminas e minerais.

Quer saber mais dicas sobre Cuscuz e Emagrecimento? Então não deixa de conferir esse vídeo que preparei para você no Canal mais Saudável do Brasil!

Beijos da Nutri,

Vanessa Baad

Deixe seu comentário